terça-feira, 12 de junho de 2012

Pode Pá que é Nóis que tá


Compartilhar a paixão pela literatura. Esse foi o primeiro objetivo do projeto “Literatura (é) possível”, criado em 2006 pelo educador e escritor Rodrigo Ciríaco, numa escola pública da zona leste de São Paulo.
Em 2009 surgem Os Mesquiteiros, coletivo cultural formado por jovens e adolescentes da comunidade do Jardim Verônia (Ermelino Matarazzo) que fortalecem e dão nova dinâmica ao projeto. E agora em 2012, entre saraus, encontros literários, espetáculos teatrais e a criação de um selo literário, surge então a primeira antologia do Sarau dos Mesquiteiros: “Pode pá que é nóis que tá”.
O livro é dividido em quatro capítulos nomeados com títulos de músicas do rap nacional como “Antigamente Quilombos, Hoje Periferia”, do grupo Z´África Brasil. “Ainda Há Tempo”, do Criolo. “Vida Loka”, dos Racionais MCs e “Fogo no Pavio”, do rapper e também poeta GOG. “Além de acreditar que os títulos tem uma relação com o conteúdo de cada capítulo, foi uma maneira de homenagear e lembrar a cultura hip-hop e a sua importância para o movimento de literatura marginal – periférica”, afirma Ciríaco.
Com 54 escritores, a antologia organizada por Rodrigo Ciríaco, reúne autores estreantes, hoje com 12 ou 13 anos de idade, e autores consagrados, com até 20 anos de estrada. “Respeitamos a caminhada, a história de todos, por isso, ao invés de destacá-los por suas histórias, destacamo-los por seus contos, seus poemas”, enfatiza o idealizador.
Desta forma, o livro é também uma referência para se trabalhar em escolas, associações e saraus que apresentam a diversidade literária, se transformando num multiplicador do projeto Literatura (é) Possível.






Venha para a Candieiro Livros!
a loja Virtual especializada em Poesia e
musica independente.

www.candieirolivros.com.br

Nenhum comentário: