quarta-feira, 27 de julho de 2011

Lingua do desejo

Lingua do desejo


Por entre ruinas

o sol alumia o caos de cima

e a menina é tragada

pelas linguas do desejo.


2 comentários:

Eliana Pichinine disse...

Olá!
Gostei muito do estilo de seus poemas. Parabéns!

ZaymonZarondy(ZZ) disse...

tem desejos que são arremedos e medos que são foda. feliz ano novo.