terça-feira, 7 de junho de 2011

Caos

voce é meu Caos

entra e rasga tudo

parte e pira meu mundo

quebra e corta profundo



...voce é meu caos

sem hora

sem tempo

sem dia

sem roupa

com muita roupa

só de touca



voce é meu caos

minha loucura e sanidade

minha idade avançada

meu nada de exeperiencia alguma



voce me desarruma

e me deixa sem rumo

no seu rumo

Um comentário:

Sandra Regina de Souza disse...

poema caoticamente perfeito e belo, quem sabe, sincero, esse é o caos que eu quero! ...rs..bj