domingo, 11 de julho de 2010

Dois nanocontos

24 de agosto de 1954.

Aviso na porta do Palácio do Catete:

"Não há Vargas"
 
 
  
Estupro seguido de assassinato.

A mãe lhe diz sempre:

- Come e cala!

Nenhum comentário: