segunda-feira, 15 de março de 2010

Sarau da Cesta ! terça no metro Santa Cecilia

2 comentários:

Sarau da Cesta disse...

Projeto de conhecimento e projeto de poder. Re-inventar o poder. Estranhar meu cotidiano. Até que ponto interessa inscrever-se dentro do stress absoluto de não confiar no vizinho? Melhor o espaço de origem configurado na imagem aderida afetivamente aos próprios laços. Pouco a pouco as missões heróicas dos saraus em toda parte, sem ego, sem vaidade. Saber falar, saber ouvir. Resistir a tentação de falar a esmo. Resistir aos discursos ardilosos de conteúdo oco. Resistir, pensar pra acertar, agir pra vencer. Pra suplantar o time da ignorância, jogar com elegância

Sarau da Cesta disse...

É uma contravenção ao sistema do outro, um não pertencimento às representações midiárticas, desconstrução das idéias e dos discursos hegemônicos de novelas, jogos de futebol, vida-shopping. Para além de imposturas tolas e bobageiras de abstrações sem fim onde a vida intelectual pode se perder, ser desserviço. Todos artistas, todos possíveis. Diferente do estrelato e das afetações. Arte-cidadã com cuidado para não ficar só no discurso, com cautela de compreender junto o afastamento da violência e da insanidade pelo compartilhamento da palavra, pelo descolamento desta invisibilidade de excluídos ressentidos ou incluídos amedrontados. Rechaço de inferioridades e da falta de posses, reabilitação dos passados perdidos e das iniciativas inspiradas em ações reais e liberações sonhadas