quarta-feira, 19 de março de 2008

UM MENINO

existe um menino
pois é acreditem
existe um menino
por tras deste homem amargo triste


menino de sorriso largo
que nao sabe o que é a tristeza
que acorda cedo pra brincar com os raios de sol
qual uma planta em sua viçosa pureza

existe um menino sem traumas
sem medos que joga bolinhas de gude
toma banhos de açude
brinca de esconde-esconde

menino
alicerce desse homem cansado
menino que sai de manha pra comer gogoia
e beber orvalho
menino que nao envelhece
apesar do tempo passado.

CARLOS GALDINO
POETA,PRODUTOR,INTEGRANTE DOS GRUPOS CANDIEIRO INCENDIARIO E S.A.M.P.A(serviço ambulante de musica e poesia alternativa)

Publicado no Recanto das Letras em 05/05/2007Código do texto: T476022

QUE LER MAIS ???
ACESSE :http://sampapoesia.blogspot.com/
ACESSE:http://recantodasletras.uol.com.br/autores.php?chaves=carlos+galdino
COMUNIDADE :http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=29897422

Um comentário:

BêbÉT/Ocica's disse...

aOOOaaa!
nossa mano...
poema lindo!
menino...
sou um desses!

é bom crescer, envelhecer, mas esquecer nunca!

abraxxxxxxx
tudo de bom mano!