segunda-feira, 17 de março de 2008

INTEMPORAL...Intemporal é o amor
não pertence a nenhuma época...
As vidas poderão dispersarpor diferentes destinos,
mas estarás sempre gravado em mim e eu em ti...

Nem que acordemosem lados opostos do mundo,
buscar-nos-emos nos sonos terrenos,
ansiosamente aguardando um amanhã,
uma nova oportunidade de cumprirmos a caminhada juntos...
Em todo o caso sabemos que um tal tempo chegará,
aquele em que viveremos todos lá...

Um tempo que não é tempo,
um tempo onde não há lugar a calendários
nem relógios,um tempo onde o momentonão tem fim!


MATRIMÓNIO

Foi no nascer de uma Primavera,
No desabrochar de um sol de Março,
Tal como o dissera Quem um dia habitara meu ventre...
Raiava a melodia Tu e Eu No alto daquele monte,
Lugar encantado Onde o mar é horizonte,
Templo do mundo Onde as árvores falam...
Nossas mãos vestem agora
Singelos símbolos dessa aliança,
Trocados sob o testemunho Deste e do outro mundo...


O DESPERTAR DO SONHO

Melodia de suspiros no sussurar de um final de tarde
por sonhos ansia dos pendurados na lua errante
de noite adormecidos como segredos escondidos
na púrpura do tempo que abraçando o supremo vigor
de uma bela noite de luar sopram a estrela cadente
trespassando um coração ardentee o dia acorda
desperto pelo sonho que aparentemente perdi
dono alvorecer se encontra vestido de dourado
pois o amanhecer chegou num brilho cintilante
salpicado a cor-de-esperançar evelando um sorriso
na face de uma criança!

biografia: Yasmin dos Anjos

Lê-me, ó Leitor, se te agrada ler-me, porque muito raramente regressarei a este mundo.LEONARDO DA VINCIPoetisa, Escritora e Artista PlásticaYasmin dos Anjos*

QUEM SOU EU?
Sou Fénix que voa Cantando um poema ao vento...
Levo esperança entre as asas,
Uma mensagem riscada no tempo...
Desvanecida nasci Nas nuvens de um pensamento,
Onde a escuridão me iluminara No despertar desse momento...
Atravesso horizontes inalcançáveis Rumo à génese dos mundos,
Ao embrião do universo,Ao começo de tudo...
Trespasso a vestimenta dura Da carcaça frágil que me envolve...
Busco uma tal resplandecência Que parece envolver todos os seres...
Sigo um hino de amor Que ecoa das suas almas,
Sigo-o como a uma estrela-guiaOrientando-me nestas linhas...
Sussurro letras embebidas Num musical celeste que entoa,
Primando por uma nova realidade Num traçado de espontaneidade...
Sou apenas uma amiga que vos escreve Servindo-me do amor como matéria-prima...



YASMIM É POETISA PORTUGUESA

EM S.A.M.P.A COM A PALAVRA ! ESPERAMOS QUE GOSTEM...

Nenhum comentário: