quarta-feira, 4 de julho de 2007

DENTRO DE MIM

DENTRO DE MIM



SILÊNCIO DE PRAÇA DESERTA
ESCURIDAO DE NOITE FRIA
CHÊRO DE FULÔ ABERTA
SOL QUENTE DO MEIO-DIA

ATRASO DE RELOGIO SEM PONTEIRO
DISTÂNCIA DO NAO FOI EMBORA
METADE DO QUE FOI INTEIRO
ONTEM AMANHÃ E AGORA

carlos galdino
Publicado no Recanto das Letras
http://recantodasletras.uol.com.br/

Nenhum comentário: